quarta-feira, 4 de junho de 2014

Enrique na revista Contigo

A versão Online da revista Contigo traz uma entrevista com Enrique! Confira abaixo a matéria completa, inclusive com todas as perguntas que nosso ídolo respondeu.
A simpatia de Enrique Iglesias, 39, não é algo comum no mundo artístico. Para ele, não tem tempo ruim: fala sobre tudo e, às vezes, fica até difícil saber quando está brincando ou dizendo a verdade. Nem os boatos sobre o tamanho de seu ‘documento’ ou insinuações de homossexualidade escapam de suas brincadeiras.
Em uma das suítes de um luxuoso hotel em Buenos Aires, na Argentina, lugar onde recebeu a equipe de Contigo! Online para um bate-papo, o bonitão só fala sério mesmo quando o assunto são suas fãs. "Se não fosse por elas, honestamente, não saberia o que fazer de minha vida", revela emocionado.
E não é demagogia! Um dia antes de nossa conversa, tivemos a oportunidade de acompanhar o astro em um de seus shows e entre um hit e outro, como Bailamos e I Like It, chamou a atenção a forma carinhosa com que o gata trata as fãs. Em determinado momento, rola até um beijão em uma delas!
Seu relacionamento de mais de dez anos com Anna Kournikova também não ficou de fora. Sobre planos de casamento, o cantor é taxativo: "Não é tão importante para mim como é para outras pessoas, por exemplo. Casar não mudaria o jeito como eu me sinto em relação a minha namorada".
Lançando no próximo dia 17 a versão brasileira do CD Sex and Love, ele também comenta a parceira com Luan Santana (que detalhe: só conhece via Skype!) , na música Bailando, sua relação com o rapper Pitbull, seu amigo de infância, e até uma possível vinda ao Brasil. Será? Confira nossa entrevista com este espanhol que já vendeu mais de 100 milhões de disco ao redor do mundo.

Ontem no show você deu um beijão em uma fã, faz isso sempre?
Sim. Faço isso por gratidão a pessoas que esperam por mim, por exemplo, doze horas do lado de fora de um hotel... Que pagam para me ver cantar ao vivo ou compram minha música. São pessoas que trabalham duro e ainda assim apoiam o seu trabalho e amam você. Se não fossem as fãs, eu não estaria aqui, honestamente, não saberia o que fazer da minha vida... Elas me fazem a pessoa mais feliz do mundo.

Anna Kournikova, sua namorada, não se importa?
Ela ama minhas fãs e sabe que é meu trabalho. Eu a amo acima de tudo, mas também amo minhas fãs.

Você já escreveu alguma música sobre ela?
Na verdade nunca conto para quem são escritas minhas canções. É um tipo de superstição! Comecei a escrever músicas por não ter coragem de dizer certas coisas na cara das pessoas e passei a colocar estes sentimentos no papel...Com o passar dos anos, virou mania e acabei por nunca falar sobre para quem elas são feitas.

Pensam em casamento?
Não sou contra o casamento, mas acho que ele não é tão importante para mim como é para outras pessoas, por exemplo. Acho que casar não mudaria o jeito como eu me sinto em relação a minha namorada... E também não sei se isso me faria mais feliz, quero dizer, se acontecer no futuro, vai acontecer, mas acho que nesse ponto da minha vida e na dela não é importante.

Ok. Mas você acredita na instituição do casamento?
Eu acredito em casais! Na instituição lealdade e amor, em ficar com alguém nos bons e maus momentos. Não acho que um pedaço de papel ou qualquer outra coisa pode obrigar você a isso. Para muitas pessoas é superimportante um casamento, para mim o importante é encontrar alguém.

O nome de seu novo álbum é Sexo e Amor. Por quê?
Ah, é simples, algumas músicas são sobre sexo e outras são sobre amor, outras sobre os dois. São duas palavras que qualquer pessoa pode se relacionar, não importa a nacionalidade ou a idade.

E o que você prefere: sexo ou amor?
Às vezes o sexo, às vezes o amor. Acho os dois são importantes para um relacionamento.

Qual música do álbum você gosta mais?
Provavelmente Bailando que é a mais viciante. Adoro escutá-la, não enjoo, sabe?! Normalmente não fico ouvindo minhas músicas. Claro, as ouço quando estou no processo de criação, mas não chego em casa, por exemplo, e coloco meu álbum para tocar e com essa é diferente.

Bailando é a sua parceria com o Luan Santana, certo? Por que você o escolheu ele para a canção?
Eu sabia quem ele era porque ele é muito famoso fora do Brasil e tenho muitos amigos que são fãs do trabalho dele. Então, simplesmente mandei a música e aguardei para ver se ele gostava ou não. Queria que ele se interessasse e ele gostou! Em seguida começou o processo de gravação. Foi uma coisa ótima de ser feita!

Vocês já se encontraram várias vezes?
Na verdade nos conhecemos pelo Skype! Conversamos por lá várias vezes, o que é ótimo! Pude conhecê-lo bem, saber sua verdade. Gravamos a música desta forma. Adoro o trabalho dele, acho que, de certa forma, somos muito parecidos, especialmente pelas baladas se você comparar o começo de minha carreira com a dele.

Fazer show no Brasil está em seus planos?
Adoraria! Definitivamente isso deverá acontecer em algum momento.

No momento está focado em sua série de shows com o Pitbull, não é?
Sim. Vai ser muito divertido, já cantamos várias vezes juntos. Acho que os fãs podem esperar muita energia e muitos bons momentos! Estou animado.

Está ansioso por sair em turnê de novo com ele?
Ah, já fiz tantos shows ao lado dele... Só tenho medo de que ele possa me envolver em alguma confusão, porque ele gosta de ficar acordado até tarde e é do tipo que não tem limites não hora de festejar, é baladeiro demais... Até tento fazê-lo parar... Ele consegue dormir apenas três horas e está tudo bem!

Você são muito amigos?
Sim, somos melhores amigos. Ele frequentou a escola comigo e somos muito próximos. Saímos muitas vezes juntos em Miami, onde moro.

Por que você não dança em seus shows?
Ai, eu sou um péssimo dançarino! Eu danço como um cara que está tentando dançar... Mas, olha, vou pensar sobre isso, essa coisa de ter aulas de dança. Vou ver se meu agente, que é um ótimo dançarino, me ensina alguns passos.

É verdade essa história de que você vai ficar nu caso a Espanha vença a Copa?
Sim! Aposta é aposta e eu sempre me mantenho fiel as que faço. Estou com um pouco de medo, é verdade, mas farei.

Quem você acha que sairá vencedor?
Ah, ninguém sabe quem vai ganhar, mas imagino que o país favorito de todos para ganhar é o Brasil, já que possui um dos times mais consistentes, alguns dos melhores jogadores, foi cinco vezes campeão e o evento será realizado lá.

Visite o site oficial da revista, clicando AQUI.